terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Fortaleça seu espírito!

Porque o que faço não o aprovo, pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço. E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. (Rom 7:15-19)
Miserável homem que sou, quem me livrará do corpo dessa morte? ( Rom 7:24)
Nem sempre as ações praticadas são da maneira como deveriam e de acordo com o que a palavra de Deus ensina.
Pode ser que você já tenha se sentido decepcionado consigo mesmo, quando após ter agido por impulso, percebeu  não ter se comportado conforme a palavra de Deus lhe instruiu.
Brota dentro do coração uma sensação de fracasso, vazio e até mesmo impotência, não é mesmo?
Mas quero lhe informar que você não foi, é ou será o único a se sentir assim e também lhe encorajar a continuar lutando contra o pecado.
Outras pessoas, antes de você já experimentaram esse sentimento angustiante.
Paulo escreveu: “O bem que eu quero não faço, mas o mal que não quero esse faço”. Ele ainda vai além dizendo: “Miserável homem que sou quem me livrará do corpo dessa morte?”
Você já se sentiu esmagado pela frustração de desejar fazer o bem e perceber que fez exatamente o que não queria?
Esse sentimento piora quando se entende que nada está oculto aos olhos do Senhor... E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar. (Hebreus 4:13)
Paulo se sentiu frustrado, mas ele também descreveu uma certeza que Deus colocou em seu coração através de (Romanos 8:1): PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Certa vez ouvi a seguinte mensagem: “É como se dois leões habitassem dentro de nós: a carne e o espírito, e eles estivessem constantemente lutando entre si. Então eu lhe pergunto: Qual deles vencerá a batalha? Aquele que você alimentar!” Autor Desconhecido.
Se você optar por fortalecer o espírito, ele vencerá, porém se alimentar a carne, ela certamente fará você lamentar e se arrepender.
Procure fortalecer-se na palavra de Deus. Ela pode lhe instruir em todas as coisas. Deus, o SEU PAI, conhece sua estrutura como mencionado em (Salmos 103: 14) Pois ele conhece a nossa estrutura, lembra-se de que somos pó.
Ele te ajuda nas suas dificuldades, pois lhe conhece melhor até que você mesmo. Sabe perfeitamente o que se passa em seu coração.
E exatamente por esse motivo, SUA palavra adverte que o coração é enganoso, e que você precisa estar firmado na palavra de Deus para ter discernimento. Seu coração ou desejos podem até ir contra o que ela ensina , mas é sua a escolha de obedecer ou não a Deus.
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? (Jeremias 17:9)
Não desanime se vivenciar a mesma experiência de Paulo, quando olhou para si mesmo e considerou-se miserável. Não se deixe abater, mas lute! Lute contra o pecado, contra os desejos da carne, contra a vontade do corpo e contra tudo que for contrário aos ensinamentos do Senhor.
A decisão é sua, vai lutar ou se entregar?
Tenha em mente que entre espírito e carne, vencerá aquele que você alimentar. A escolha está em suas mãos!
Deus abençoe sua vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário