sábado, 9 de dezembro de 2017

Guarde o seu coração!

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida." (Provérbios 4:23)

A bíblia faz menção ao coração como sendo o centro das emoções e do intelecto.
Alguns textos comprovam  isso como:
Esconder a Palavra no coração: "Escondi a tua palavra no meu coração para eu não pecar contra ti." (Salmos 119:11)
Duvidar no coração: "Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito." (Mateus 11:23)
Meditar  no coração: "Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, rocha minha e libertador meu!" (Salmos 19:14)

A bíblia também fala sobre sentimentos, tais como:
Coração medroso: " ...ouvindo que o Senhor tinha secado as águas do Jordão de diante dos filhos de Israel, até que passassem, derreteu-lhes o coração e não houve mais ânimo neles..." (Josué 5:1)
Coração ansioso: "A solicitude no coração do homem o abate, mas uma boa palavra o alegra." (Provérbios 12:25)
Coração amoroso: "Amarás, pois o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma e de todo o teu poder." (Deuteronômio 6:5)

Dessa forma, considera-se o coração como o centro da vontade humana. Lemos textos que indicam:
Um coração submisso a Deus: "Agora pois, deitai fora os deuses estranhos que há no meio de vós: e inclinai o vosso coração ao Senhor, Deus de Israel." (Josué 24:23) 
Um coração que se dedica a buscar ao Senhor: "Disponde, pois, agora, o vosso coração e a vossa alma para buscardes ao Senhor, vosso Deus..." (1 Crônicas 22:19)
Um coração que decide fazer algo para Deus: "Também Davi, meu pai, teve no seu coração o edificar uma casa ao nome do Senhor, Deus de Israel." (2 Crônicas 6:7)
Um coração que deseja fazer algo pelos outros: "Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação" (Romanos 10:1)
Um coração endurecido que se recusa a fazer o que Deus ordena: "...mas eu endurecerei o seu coração para que não deixe ir o povo." (Êxodo 4:21)

Diante de todas essas citações, percebe-se a importância de cuidar do que entra em seu coração e do que você escolhe manter dentro dele.
O próprio Jesus Cristo citou que: "...Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca." (Mateus 12:34)
Mas como ter um coração no qual Deus se agrade?
Fazendo como Davi, submetendo-se a Deus. Ele percebeu que somente o Senhor poderia ajudá-lo nessa árdua tarefa. Por isso suplica: "Cria em mim oh Deus um coração puro e renova em mim um espírito reto." (Salmos 51:10)
Somente Deus é capaz de modificar um coração, tornando-o agradável a si mesmo.
Submeta-se a ELE e seu coração será transformado. Guarde seu coração de todo o mal escondendo-o em Deus.
ELE sabe exatamente onde e como tratar com cada um individualmente e o resultado de sua atuação é sempre o melhor.

Deus abençoe sua vida!