terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Aquieta-te minha alma, teu Redentor vive!

Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus. (Salmos 42:11).
O Senhor tem poder para aquietar o mar quando se levanta em uma grande tempestade, como não poderia acalmar uma alma angustiada??
Então por que estás abatida ó minha alma?? Se teu Redentor VIVE, e todo o poder está em Suas mãos? ( Jó 19:25) Tu sabes que ELE tem poder para mudar toda e qualquer situação, e te lembras que ao som de Sua voz tudo obedece e volta ao lugar.
Aquieta-te minha alma, espera em Deus, pois não está em teu alcance alterar nada ao teu redor, tampouco mudar a forma como as coisas acontecem, mas podes confiar e esperar pacientemente, porque tudo o que o Senhor faz é perfeito e completo. Não consegues mudar o que está ocorrendo a tua volta, mas podes mudar o que acontece dentro de ti. Aquieta-te!
De nada servirá sua inquietação. Acaso não sabes?
E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras? (Lucas 12:25-26).
Espera em Deus, vale a pena aguardar o agir do Senhor.
Deus te abençoe!



segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Precisamos estar vigilantes!

Existe algo que possa nos fazer adormecer espiritualmente? Em qual momento o inimigo pode encontrar a oportunidade de fazer um grande estrago em nossas vidas?
Essas perguntas tem a intenção de provocar um despertamento. O cristão precisa estar em constante vigilância. O fato de não estar enfrentando momentos de grande dificuldade não significa que Satanás não está observando, a fim de encontrar uma brecha onde possa causar estrago. A bíblia nos adverte que ele veio para roubar, matar e destruir. (João 10:10). E é exatamente isso que constantemente vem tentando fazer. Por isso, precisamos estar vigilantes em todo o tempo. Spurgeon em um de seus devocionais afirma que o inimigo de nossas almas não dorme, nós é que às vezes dormimos no meio da Batalha o que pode nos causar destruição. É nos momentos em que nos sentimos mais confortáveis que podemos nos tornar mais frágeis. Segundo ele, ”Os crentes não adormecem com muitos leões por perto, ou quando atravessam um rio perigoso, ou quando lutam contra uma situação adversa, mas apenas quando já subiram até o meio daquela montanha penosa e chegam ao bom porto. Ali sim, até um leão pode estar escondido que ninguém supõe ser possível ser tragado vivo! Ali quando um peregrino adormece pode ser para sua perdição”.
Somos peregrinos neste mundo. O caminho é estreito e muitas vezes bem difícil. E como estrangeiros um dia habitaremos em nossa pátria celestial. Tomar cuidado durante o trajeto é essencial. Segundo Spurgeon, “Não existe maior tentação que a ausência dela. Um espírito atribulado não dorme, não adormece facilmente. É apenas quando entramos numa fase de confiança, falsa ou verdadeira, que o perigo tem a sua melhor oportunidade de nos tragar. Quando é que as virgens ficaram sem o noivo? Não foi quando confiaram no azeite que tinham? (Mateus 25:3). Também os discípulos adormeceram quando sabiam que Jesus orava. (Lucas 22:46). Tenha cuidado e precaução, pois você pode estar confiante demais e adormecer infantilmente”.
Nosso Deus é realmente grandioso e autossuficiente em tudo, porém o próprio Jesus nos adverte para sempre estarmos vigilantes.
Não devemos temer maus rumores, como a bíblia nos ensina, pois nosso Deus tem poder sobre todas as coisas, mas até nossa carreira não findar, a Batalha está travada e a luta é constante, ainda quando parece (só parece) que o inimigo não está tentando nos destruir.
Vigiai em todo tempo!
Deus te abençoe!