quinta-feira, 28 de abril de 2011

Tempo de aprender e crescer!

Hoje pela manhã estava lendo um devocional que me fez refletir sobre o caminho trilhado pelo homem durante seu ciclo de vida.
Existe um tempo, e ele é dividido entre alegrias, tristezas, conquistas, perdas, vitórias e derrotas.
Depende de cada pessoa individualmente a duração de cada um dos processos designados para o curso de sua vida.
Alguns se deixam ficar por demasiado tempo em experiências dolorosas. Outros possuem maior capacidade de superação.
A vida não segue seu curso de forma saudável quando algo não é superado ou aceito. O ser humano precisa aprender a vivenciar cada situação tendo consciência de que por mais dolorosa que seja a perda, ela precisa ser aceita, compreendida e posteriormente superada. Selecionei algumas citações, as quais lembraram-me que preciso continuar vivendo ainda que sofra por causa das imposições da caminhada. Existem perdas que somente o Senhor Jesus pode ajudar a entender, aceitar e continuar vivendo após elas.
Seguem considerações...

Nada desenvolve o nosso caráter como ter de lidar com a perda, e com a mudança que ela traz. Quando perdemos um casamento, um emprego, um filho, um pai ou mãe, nossa reputação, nossa saúde, nossas finanças, etc, somos instigados a vivenciar um tempo doloroso. Porém quando focamos nossos olhos em Deus, a fé nos diz que ELE pode transformar todo fim em um novo começo.
Deus não exige que sejamos "superespirituais", que neguemos a nossa dor ou finjamos não estar sofrendo. Ele nos dá um "tempo para chorar… prantear… perder…" no nosso caminho de volta ao tempo de "rir... dançar... ganhar..." (Eclesiastes 3:4–6)
Ele determinou um tempo que tem um começo e um fim definidos, no qual Ele pretende que você faça o trabalho frutífero de combater os seus sentimentos dolorosos. Quanto tempo leva? Tanto quanto necessário – dependendo de quão grande seja a perda, de quantas perdas adicionais ela gere como resultado, e da saúde espiritual, relacional e emocional da pessoa que está sofrendo. Se sofrermos de forma bíblica, haverá um "tempo para dançar" outra vez. Se nos permitirmos o direito de chorar, haverá um "tempo para sorrir" outra vez. (v.4). O processo projetado por Deus finalmente produz cura e disponibilidade para nos engajarmos novamente na vida e no futuro. Ou você completa a sua dor ou repete a sua dor. E você a completa quando consegue se lembrar da perda sem ficar imobilizado por ela!
Quando você concluir o ciclo do seu sofrimento, você continuará o seu crescimento!

Fonte: www.palavraparahoje.com.br

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Reflexões...

Uma pequena fé levará tua alma ao céu, ao passo que uma grande fé trará o céu para sua alma.

Não deixe aquilo que é urgente tomar o lugar daquilo que é importante em sua vida.

Perdoe e esqueça. Quando você enterra um cão raivoso, nunca deixa a cauda dele de fora.

A fé sobe pelas escadas que o amor construiu, e olha pelas janelas que a esperança abriu.

 
Charles Haddon Spurgeon