segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A Força em meio a fragilidade...

Quanta fragilidade é possível encontrar no ser humano.
Quantas tentativas no intuito de provar independência...
Mas ao final, o homem percebe que não pode enfrentar o pior de seus adversários sozinho.
No temido momento em que o folego de vida se finda, ele está totalmente vulnerável.
Que homem há, que viva, e não veja a morte? Livrará ele a sua alma do poder da sepultura? (Salmos 89:48)
Nenhum homem há que tenha domínio sobre o espírito, para o reter; nem tampouco tem ele poder sobre o dia da morte. ( Eclesiastes 8:8)
Diante de tal afirmação, surge a pergunta: Como você enfrentará este momento?
Quem lhe ajudará a enfrentar seus medos,  incertezas e aflições?
JESUS CRISTO deseja estar ao seu lado e lhe manter em perfeita paz quando sua hora chegar.
Perceba que todas as suas conquistas, seus bens ou dinheiro, não acompanharão você nesse momento e que não poderá levá-las consigo.
Como está escrito em (Tiago 4:14): “Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida?
É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece.”
Quem será por você quando a ajuda humana é ineficaz e impotente?
O que acontecerá se CRISTO não estiver em sua companhia?
Pare e pense amado irmão na fragilidade de sua vida e em sua total falta de controle diante de determinadas situações, inclusive da mais assustadora delas, a morte.
Você precisa de JESUS!!! ELE é o único que até na morte pode lhe dar VIDA.
ELE é o único que lhe dará esperança no dia em que tudo parecer acabado.
ELE será sua força em meio a fragilidade.
Você sentirá paz e refrigério quando seu folego de vida terminar.
CRISTO lhe dará a coragem necessária para enfrentar este momento! 
Se você O convidar para fazer parte de sua vida, ELE promete estar sempre com você e não lhe abandonar. "...eis que EU estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. (Mateus 28:20)
Tente conhecer JESUS CRISTO e perceberá que ELE é tudo que você precisa. 

Deus te abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário