sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Mantenha a calma e confie em Deus!

O que você faz quando algo inquieta sua alma?
Existem situações que embora você se esforce e se empenhe para modifica-las ou resolvê-las, suas forças não são suficientes para solucioná-las.
Nessas horas você precisará decidir entre confiar em Deus através da fé, ou dar-se por vencido.
Reconhecer suas limitações não é sinal de fraqueza, mas de força.
A bíblia relata a história de um determinado rei de Israel chamado Ezequias. Ele sofreu ameaças por meio de cartas, vindas diretamente do rei da Assíria, o qual possuía muito poder e cujo exército era consideravelmente mais numeroso que o seu.
 “Recebendo, pois, Ezequias as cartas das mãos dos mensageiros, e lendo-as, subiu à casa do Senhor; e Ezequias as estendeu perante o Senhor.” (Isaias 37:14)
Essas cartas foram enviadas pelo Rei da Assiria, que em sua prepotência e arrogância fez uso de pressão psicológica, desmotivando Ezequias para que não confiasse em Deus.
 “Nem tampouco Ezequias vos faça confiar no Senhor, dizendo: Infalivelmente nos livrará o Senhor, e esta cidade não será entregue nas mãos do rei da Assíria.” (Isaías 36:15)
Ezequias não teria chance alguma se o enfrentasse com suas próprias forças. Humanamente não havia solução.
Mas ele possuía algo que o outro rei não tinha, a ajuda de um Deus todo poderoso.
Percebendo suas limitações e incapacidade, tomou uma atitude de fé e apresentou perante o Seu Deus a afronta sofrida.
“E aconteceu que, tendo ouvido isso, o rei Ezequias rasgou as suas vestes, e se cobriu de saco, e entrou na casa do Senhor.” (Isaías 37:1)
Se insistisse em solucionar o problema sozinho, certamente dizimaria seu exército e a derrota seria certa.
Mas ele confiava no seu Deus. Apresentou as ameaças ao Senhor,  solicitando  sua ajuda.
E DEUS agiu, fazendo algo maravilhoso e grandioso. Livrou-o das mãos do seu inimigo.
Agora eu pergunto a você: Qual é a carta que você gostaria de apresentar a Deus?
Um pedido de divórcio? Uma carta contendo dívidas financeiras? Um diagnóstico de doença incurável? Todos esses itens impulsionam a oração.
Apresente tudo a Deus, da mesma maneira que solucionou o que ameaçava a paz de Ezequias, Ele também agirá em seu favor.
Confie em Deus de todo o seu coração e perceberá que o que você não pode, ELE resolve!
Deus abençoe sua vida!




Nenhum comentário:

Postar um comentário